Cicloviagem, Embú das Artes e Cidade as Abelhas

O Bikers Brasil participou de outra cicloviagem. Desta vez fomos rumo a Embú das Artes e Cidade das Abelhas. Pedal organizado pela Brasil BIKEmotion.

Foi um dia maravilhoso vendo quase 100 Ciclistas atravessarem os bairros da zona oeste rumo a Embú das Artes e Cidade das Abelhas!!!

O pedal foi comandado por Marcio Figueiredo, Hélio e Edgar Calhelha da Brasil BIKEmotion. Foi tranquilo, e os ciclistas colaboraram com algumas exceções, afinal eram quase 100 cliclistas, mas com certeza 95% pedalaram segundo as orientações e com segurança.

Parque do Ibirapuera portão 6. Ponto de encontro para partida da cicloviagem rumo a Embú das Artes e Cidade das Abelhas.
Parque do Ibirapuera portão 6. Ponto de encontro para partida da cicloviagem rumo a Embú das Artes e Cidade das Abelhas.

Os ciclistas foram chegando as sete da manhã no ponto e encontro, para saída as sete e meia. A partida teve um pouco de atraso, mas nada que tirasse o animo dos ciclistas. Logo partimos para a aventura sem mais problemas.

Ainda dentro de São Paulo fizemos a primeira parada para hidratar e uso de banheiros.
Ainda dentro de São Paulo fizemos a primeira parada para hidratar e uso de banheiros.

Diria que até essa parada a dificuldade do pedal de (0-10) seria 2, só reta, sem nenhum problema.

O Bikers Brasil manda um parabéns para as meninas do PEDAL DAS MENINAS LN de Caraguatatuba - SP. Esperamos que participem de muitos pedais aqui em Sampa, e quem sabe não vamos a Caraguatatuba pedalar com vocês. Queremos conhecer as trilhas de Ilha Bela.
O Bikers Brasil manda um parabéns para as meninas do PEDAL DAS MENINAS LN de Caraguatatuba – SP. Esperamos que participem de muitos pedais aqui em Sampa, e quem sabe não vamos a Caraguatatuba pedalar com vocês. Queremos conhecer as trilhas de Ilha Bela.

Depois dessa parada continuamos a nossa cicloviagem. Aí a coisa começou a pegar. Chegando a Itapecirica da Serra começaram as subidas, duas a três delas diria que a dificuldade de (0-10) seria 8.

Aqui achei legal o incentivo dos locutores das lojas no comercio da Estrada do Campo Limpo. Vai firme pessoal da MTB. E prontamente todos agradeceram dando gritos e tocando as buzinas. Imaginem a bagunça. Eram quase 100 ciclistas muito animados!!!!

Afinal não sabíamos o que vinha em seguida.

Eu achando que as subidas nível 8 fossem as piores, que nada. Viria uma de dificuldade 9,5. Mas todos subiram como heróis. Eu, mesmo usando a primeira marcha, subi montado rssssss.

Vale salientar que depois dessas subidas tem a recompensa que são as descidas, é só não pensar na volta rsss. Ai todos descem soltos, chegando a alcançar mais de 50 Km/h.

O único perigo são as lombadas onde você dá uma voada, e eu vi um ciclista que a garrafa de água saiu voando quando aterrizou e outro que soltou alguma coisa do bagageiro, mas felizmente só isso ninguém se acidentou.

Finalmente chegamos a Embú das Artes, onde só ficamos o tempo suficiente para fotos, pois logo seguiríamos para a Cidade das Abelhas.
Finalmente chegamos a Embú das Artes, onde só ficamos o tempo suficiente para fotos, pois logo seguiríamos para a Cidade das Abelhas.

Chegamos a Embú as Artes, a Praça do Artesanato estava lotada. Foi um pouco difícil passar com as bikes, mas nada de outro mundo. Fomos ate a Igreja Matriz para uma foto do Grupo (abaixo), mas acho que muitos ficaram de fora, como disse no inicio foram quase 100 ciclistas.

Foto do grupo de cilcistas em frente a Igreja Matriz de Embú das Artes.
Foto do grupo de cilcistas em frente a Igreja Matriz de Embú das Artes.

Daqui saímos rumo a Cidade das Abelhas. São mais uns 7 a 8 Km, mas tem umas subidas puxadas, tipo nível 8.

Aqui é um apiário, onde você pode conhecer pagando o ingresso de R$ 25,00, mas é mais uma atração para as crianças.

Aqui foi a parada mais longa de 1h30min. para almoço/lanche. Aqui tem uma lanchonete, mas só tem Hot Dog, refrigerante e sorvete. Mas achei os preços justos apesar de estar em um ponto turístico. Hot Dog R$ 5,00, refrigerante R$ 4,00 e sorvetes ao preço da tabela da marca. Ahhhh!! e garrafinha de 500m de água a R$ 3,00

No meu caso comi o lanche que havia levado. No caminho também pode comprar mexericas, muitos vendedores na beira da estrada. Aí sai baratinho, divide a duzia por 6 ciclistas, dá duas mexericas pra cada que acho suficiente pra sobremesa.

Tem também uma loja onde pode comprar mel e outros derivados de mel. Aqui não posso dizer muito que só passei na porta, mas não cheguei a entrar. Mas muita gente comprou mel e cachaça de mel dizendo que os preços estavam justos.

Lanchonete na parte externa da Cidade das Abelhas. E local para deixar as bikes durante a parada do almoço.
Lanchonete na parte externa da Cidade das Abelhas. E local para deixar as bikes durante a parada do almoço.

Depois dessa parada para repor as energias nos preparamos para a volta. Nem pense que aquelas descidas deliciosas agora serão subidas fortes hahahahaha

A volta assim como a ida foi muito bem, aqueles 95% de cilcistas colaborando e seguindo as orientações dos monitores.

A volta teve quatro paradas inesperadas devido a pneu furado, mas tranquilo. Até dá pra descansar uns 10 minutos rsssss

E finalmente a ultima parada de 20 minutos. Ufaaa!!! Aqui tive saudade da minha bermuda acolchoada, bunda dolorida.

Aqui foi a ultima parada. Daqui fomos até o ponto inicial no Ibirapuera.
Aqui foi a ultima parada. Daqui fomos até o ponto inicial no Ibirapuera.

Finalmente chegamos de volta ao Ibirapuera. Onde fomos nos despedindo dos novos amigos que fizemos durante o dia.

Eu estava pensando que ainda teria mais quatro quilômetros de subidas até chegar em casa. Até que chegou dois rapazes para se despedir e disseram que ainda iriam pedalando até São Caetano. Aí pensei esses 4Km subo de costas depois dessa hahahahahaha.

E teve amigos do Pedal Indy também. Guerreiros!!!

Andréa A. Cesar e o simpático casal Josi e Marcos
Andréa A. Cesar e o simpático casal Josi e Marcos

Em resumo: Foi um domingo maravilhoso!!!

O Bikers Brasil indica essas cicloviagens a todos. Divertido, baixo custo, faz bem pra saúde, e o melhor que achamos, vocês irão conhecer muitas pessoas afim das mesmas coisas, com certeza sairá de uma experiencia dessa com muitos novos amigos!!!

A Equipe Bikers Brasil está pensando em levar um grupo de iniciantes até Paranapiacaba. Uma cicloviagem nível iniciante. Sigam nosso blog. Caso isso venha a se concretizar iremos anunciar.

Agora fica a saudade e a vontade de novas aventuras!!!!!!



Fotos, vídeo e texto
Akio Hayashi
Equipe Bikers Brasil

Todos estão lendo também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *